Imprimir

Letras desenvolve projeto de Residência Pedagógica

Letras desenvolve projeto de Residência Pedagógica

O trabalho da equipe do projeto de Residência Pedagógica, formada por alunos do curso de Letras do Campus de São João del-Rei do IF Sudeste MG, está com força total! As atividades tiveram início do mês de agosto, e fazem parte de um projeto nacional da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), do Ministério da Educação.

Segundo o site da CAPES, "o programa de Residência Pedagógica é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e tem por objetivo induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso". 

A proposta do projeto consiste na realização de cursos e encontros preparatórios e formativos para o trabalho em campo em escolas públicas da região. Em outubro, as escolas foram visitadas pelas equipes e pela coordenadora, professora Janaína de Assis Rufino. No Campus, atualmente o projeto possui 24 residentes e 3 preceptores, todos bolsistas, nas escolas estaduais Abeilard Pereira, em Lagoa Dourada, Governador Milton Campos, e na municipal Carlos Damiano Fuzzato, ambas em São João del-Rei.

Para Janaína, o objetivo é proporcionar aos residentes uma experiência educativa focada nas práticas pedagógicas de planejamento, execução e avaliação de ações didáticas para o ensino da língua portuguesa, centradas nos conceitos: linguagem, ludicidade e letramento. "A residência pedagógica é capaz de fomentar a qualificação do processo educacional, nesse caso, voltado para educação linguística e desenvolvimento dos diversos letramentos, buscando a competência discursiva dos cidadãos através do aperfeiçoamento dos diversos usos das linguagens", garante.

Foto
Foto