Imprimir

Equipe de Robótica do Campus Realiza sua primeira Reunião

 Equipe de Robótica do Campus Realiza sua primeira Reunião

Na quarta-feira, dia 10, às 16 horas, a equipe de Robótica do Campus São João del-Rei realizou sua primeira reunião no Laboratório de Inovação Tecnológica (LIT) do Campus, localizado no 2° andar do prédio II.  Coordenada pelos professores Celso Luiz de Souza e Elaine Aparecida Carvalho, a equipe foi criada recentemente no Campus e é composta por alunos dos cursos Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação e Técnico em Informática.

“A nossa intenção ao criar essa equipe é usar a programação por meio do robô para ensinar os alunos do curso de Informática a ter um domínio maior na parte de programação.”, explica o professor Celso. Para iniciar as atividades, os 16 alunos que compareceram a primeira reunião foram divididos em três equipes e receberam como tarefa realizar a montagem e a programação de um Robô Lego, kit da linha educacional da marca que tem como intuito ensinar princípios da robótica. “A ideia do robô de lego é muito semelhante a do brinquedo que conhecemos, mas agora ele não é mais estático, pode andar e consegue pensar inteligentemente”, esclarece a professora Elaine. Atualmente, os alunos dispõe de três kits de robô para trabalharem, dois comprados pelo Campus São João del-Rei e um emprestado pelo professor Celso.

A ideia é que os alunos comecem pela  montagem dos robôs lego, que é uma prática consolidada e de perfil didático, para futuramente trabalharem com  montagens que participem de competições de robótica. Segundo a professa Elaine, “nessas competições, de maneira geral, os organizadores definem um tema, por exemplo, sustentabilidade e limpeza de rios, e aí, cada equipe leva seu próprio robô para solucionar a questão específica da competição.”  Dessa maneira, o trabalho com o Lego seria um momento de capacitação e treinamento para realização de trabalhos futuros.

O professor Celso completa afirmando que o sentido das competições também é um estímulo ao trabalho em equipe:  “Nas competições, às vezes, no meio da execução da tarefa os alunos percebem uma falha na programação. Então, todos tem que se unir para solucionar, dentro do tempo dado,  a questão proposta. Assim, esses momentos estimulam muito a sinergia e o trabalho em equipe.”

Além da presença dos professores, os alunos – que começam a trabalhar nas próximas semanas no desenvolvimento dos robôs – contarão  com a ajuda de outros dois estudantes do curso de GTI que integram projetos vinculados ao LIT e auxiliarão nas montagens, disponibilizando horários de trabalho no laboratório. A aluna Karine dos Santos Guimarães liderará o trabalho das equipes, pois já tem a experiência da montagem de um dos kits: uma cobra robô que rasteja sozinha e ataca quando localiza um alvo. Sobre o seu interesse na participação do grupo, conta: “Eu sempre gostei da área de robótica e ao longo do curso não temos matérias relacionadas, por isso, participando do grupo de robótica pretendo desenvolver minhas habilidades  e conhecimentos  nesse sentido.”

 

 

IMG_4511[1].JPG
IMG_4516[1].JPG
IMG_4518[1].JPG
IMG_4519[1].JPG