Imprimir

Aluna do curso de Letras é a aprovada em mestrado de Educação

Aluna do curso de Letras é a aprovada em mestrado de Educação

A aluna Daniela Aparecida de Melo Costa, que cursou Letras no IF Sudeste MG Campus São João del-Rei, foi aprovada no  Mestrado em Teoria Crítica e Educação da Universidade Federal de Lavras (UFLA). O programa ofereceu apenas 6 vagas e Daniela conquistou o segundo lugar entre as aprovações. O processo seletivo foi composto de três etapas: prova escrita, análise curricular, e prova oral – entrevista e defesa do projeto de pesquisa apresentado.

Para conseguir a aprovação Daniela conta que foram três meses de estudo – de agosto a outubro – para dar conta dos 5 livros que faziam parte da bibliografia da prova escrita. Segundo ela, eram dois livros gerais e dois específicos da área de Teoria Crítica da Educação, os quais na primeira leitura encontrou bastante dificuldade de entender. Porém, com auxílio de professores e servidores do IF, que a indicaram livros auxiliares, artigos e vídeo-aulas, ela conseguiu absorver o conteúdo e realizar uma boa prova. “A prova era muito objetiva. Era duas questões para cinco livros, tinha que pontuar as ideias gerais de todos e estabelecer a ligação entre eles.”, comenta.

Para Daniela, o maior diferencial para a sua aprovação deu-se na análise do currículo e na entrevista oral, devido a sua participação em projetos de pesquisa e extensão no IF Sudeste MG. Ela conta que realizou três projetos ao longo da graduação, um na área de literatura e dois na área de educação, onde ela descobriu sua vocação. “Quando fiz os projetos de educação, percebi que eu não estava nem tanto na linguística, nem na literatura, mas que o que mais encantava era a Educação mesmo.” Ela acredita que apresentar à banca examinadora sua participação nos projetos foi o mais importante, pois eles perceberam que ela já possuía experiência na área da pesquisa em Educação.

Daniela conta que já está ansiosa para o início das aulas, no dia 12 de março, pois sempre sonhou em continuar estudando e seguir a carreira acadêmica. E reforça para os colegas que também tem afinidade com a área: “Os projetos de pesquisa que realizei no IF Sudeste MG com certeza foram precursores da minha aprovação, além do Intercambio na Argentina realizado pelo Programa de Mobilidade do IF Sudeste MG. Por isso reforço para os graduandos a importância de participar dos projetos de Pesquisa e Extensão oferecidos nos cursos. Para quem pensa em seguir a vida acadêmica, a experiência com a pesquisa adjunta de muito estudo e esforço fazem, com certeza, toda a diferença."